Connect with us

Filmes

Monstros No Trabalho | Assista ao trailer da série do Disney+ com nova data de estreia

Published

on

Rascunho automático

Meses após ter o seu desenvolvimento confirmado, aos poucos a série animada Monstros No Trabalho vai ganhando novidades. E entre elas, a mais recente envolve a divulgação do seu trailer completo pelo Disney+ com um adiamento do seu lançamento para o dia 07 de julho.

 

Assista:

Sobre a série Monstros No Trabalho

Ben Feldman e Aisha Tyler serão responsáveis por dar voz a dois dos novos personagens da série do Disney+.

Feldman será Tyler Tuskman, um recém-formado na Universidade Monstros que estará trabalhando na Monstros S.A. sob o comando de Mike e Sully durante o período de transição para conseguir gargalhadas e não o choro das crianças. Por sua vez, Aisha Tyler dará voz a mãe do personagem.

A trama do de Monstros no Trabalho será ambientada seis meses após o final do filme original com a usina em seu centro agora colhendo riso das crianças para abastecer a cidade de Monstrópolis. Ela terá como um dos seus protagonistas Tylor Tuskmon (Ben Feldman), um mecânico ávido e talentoso da equipe de instalações do Monsters, Inc. que sonha em trabalhar no andar do riso ao lado de Mike e Sulley.

John Goodman e Billy Crystal irão retornar como dubladores, respectivamente, dos personagens  Sully e Mike Wazowski na série desenvolvida para o serviço de streaming.

John Ratzenberger, Jennifer Tilly, Bob Peterson, Kelly Marie Tran (Star Wars: The Last Jedi), Henry Winkler (Barry), Lucas Neff (Raising Hope), Alanna Ubach (Coco), Stephen Stanton (Star Wars Resistance) e Aisha Tyler (Archer) também estão no elenco de vozes.

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Filmes

007 – Sem tempo para novas fórmulas! 

Published

on

By

007 – Sem tempo para novas fórmulas! 

Nota: 8/10
Com novos elementos de terror e suspense, o mais recente filme de James Bond repete a fórmula clichê dos filmes de espião e, por incrível que pareça, continua bom.

A despedida de Daniel Craig foi muito adiada devido a pandemia e gerou uma expectativa gigante nos fãs de filmes de espionagem e, principalmente, nos fãs de James Bond.

A trama do filme é guiada pelo “retorno” da organização Spectre, que dispõe de uma tecnologia muito perigosa, capaz de identificar alvos pelo DNA. Novamente, a única pessoa capaz de conter a extinção da raça humana é, ninguém menos do que o recém aposentado James Bond (Daniel Craig).

Ainda sobre os elementos de terror presentes no filme, a abertura ocorre em cinco minutos e é surpreendente, os focos principais são o vilão Safin (Rami Malek) e Madeleine (Léa Seydoux). A cena em questão é em um passado não muito distante, me fazendo pular da cadeira e travar a respiração.

A trilha sonora é impecável. Composta pelo renomado Hans Zimmer, o longa possui as músicas clássicas e ainda experimenta novidades, com a abertura sendo interpretada por Billie Eilish. E no aspecto visual, a direção de arte e fotografia também são impecáveis.

O filme entrega o que se dispôs, e emociona o fã, deixando o legado de um Bond ainda mais humano, sentimental e emotivo, deixando no ar a pergunta: Quem será a pessoa mais indicada a seguir com o legado do agente secreto mais famoso do mundo?

 

“007: Sem tempo para morrer” se provou um bom filme, longo e cheio de clichês, mas, ainda assim, continua bom.

Continue Reading

Filmes

Cry Macho estreou e mostrou que Clint Eastwood, mesmo aos 91 anos de idade, sabe como entrar em um personagem e atrair a atenção do público, roubando a cena mais uma vez.

Published

on

By

O enredo do filme ocorre na década de 70, e começa com o ex campeão e treinador de hipismo, Mike Milo (Clint Eastwood), completamente perdido e desmotivado e sem motivos para buscar novas emoções em sua vida. Tudo muda quando um favor (até então inexplicado) é cobrado, e o peão viaja até o México para buscar Rafa, um garoto de 13 anos, que também estava perdido.

 

Apesar de muito fraca a atuação de Eduardo Minett (Rafa), Mike e Rafa fazem o público acreditar na relação de quase avô e neto, principalmente nos momentos de roadmovie, onde os dois aprendem trabalhar e fugir juntos, sempre ao lado do galo de luta apelidado de Macho.

Ainda falando sobre Macho, a história que Rafa conta sobre o galo diz muito sobre quem Mike já foi e sobre quem o próprio Rafa ainda é. Galos de briga. Ambos lutaram muito e acabaram se ferindo no caminho, mas seguem firmes e prontos para o próximo dia.

A história do filme ganha ainda mais sentido ao chegar em uma pequena cidade do México, onde os dois encontram Marta (Natalia Travem), e Mike acaba revelando que perdeu sua família, e explicando sua dívida com o pai de Rafa.

 

Apesar da trama ser simples e, muitas vezes, previsível, Clint Eastwood entregou tudo o que tinha em sua atuação e, de quebra, na direção. Mesmo com a fraca atuação de Eduardo Minett, a atuação em conjunto convence.

A fotografia finalmente sai dos tons amarelados para o céu azul e, pela primeira vez em um filme de faroeste, o México parece ter cidades coloridas e alegres.

Por fim, o resultado é positivo, e Cry Macho entra para a minha lista de recomendações. Pode ir assistir ao filme sem medo, a trama vai te envolver e você vai sair satisfeito.

 

Continue Reading

Filmes

Em comemoração aos 40 anos de ‘Os Caçadores da Arca Perdida’ os quatro filmes de Indiana Jones em 4K estreiam na Apple TV e em versão remasterizada nas plataformas digitais

Published

on

By

Em comemoração aos 40 anos de ‘Os Caçadores da Arca Perdida’ os quatro filmes de Indiana Jones em 4K estreiam na Apple TV e em versão remasterizada nas plataformas digitais

Versões remasterizadas e em 4K chegam em 08 de junho

 

 

São Paulo (07 de junho, 2021) – Reviva as inesquecíveis façanhas do herói Indiana Jones no relançamento dos quatro filmes em 4K na Apple TV e em versão remasterizada no Google Play, Net Now e Sky, nesta terça-feira, 8 de junho.

O classico dos cinemas ‘Os Caçadores da Arca Perdida’ está completando 40 anos e o longa foi responsável por apresentar ao público o famoso homem de chapéu, em 12 de junho de 1981. Quatro décadas depois, o lendário herói continua cativando novas gerações de fãs.

Agora, pela primeira vez em sua história, os quatro filmes de Indiana Jones ficam disponíveis em 4K na Apple TV com Dolby Vision® e HDR-10 para qualidade ultra-vivid picture. Além disso, versões remasterizadas ficam disponíveis no Google Play, Net Now e Sky. Cada filme foi meticulosamente remasterizado a partir dos negativos originais com um trabalho extenso de efeitos visuais para garantir uma imagem na mais alta qualidade. Todo trabalho foi aprovado por Steven Spielberg.

Os quatro filmes foram também remixados na Skywalker Sound sob supervisão do designer de som Ben Burtt, para criar a Trilha Sonora em Dolby Atmos®.  Todos os elementos de som originais foram usados para alcançar um completo e imersivo mix Dolby Atmos® e ao mesmo tempo manter toda intenção criativa original do filme.

Os filmes na Apple TV terão sete horas de conteúdo extra que contém:

  • No Set com os Caçadores da Arca Perdida
  • Da Floresta ao Deserto
  • Da Aventura para Lenda

 

 

  • Criando os Filmes
  • Criando os Caçadores da Arca Perdida (documentário de 1981)
  • Criando os Caçadores da Arca Perdida
  • Criando Indiana Jones e o Templo da Perdição
  • Criando Indiana Jones e a Última Cruzada
  • Criando Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal (HD)

 

  • Bastidores
  • Os Stunts de Indiana Jones
  • O Som de Indiana Jones
  • A Música de Indiana Jones
  • A Luz e Magia de Indiana Jones
  • Caçadores: A Cara Derretida!
  • Indiana Jones e as criaturas rastejantes (com pop-ups opcionais)
  • Viaje com Indiana Jones: Locações (com pop-ups opcionais)
  • As mulheres de Indy: The American Film Institute Tribute
  • Amigos e Inimigos de Indy
  • Props incônicos (Reino da Caveira de Cristal) (HD)
  • Os efeitos de Indy (Reino da Caveira de Cristal) (HD)
  • Aventuras na pós-produção (Reino da Caveira de Cristall) (HD)

Continue Reading

Em alta

Jokenpo - Um portal de conteúdo Nerd do grupo Experience.