Connect with us

Geral

Como usar o Remo Photo Recover para recuperar fotos apagadas?

Published

on

Quem nunca apagou acidentalmente algum conteúdo que não devia ter apagado sem se aperceber? Provavelmente é o seu caso, e não se preocupe, porque isso acontece com toda a gente. Não são raras as vezes que apagamos um documento, fotos, ou qualquer outro tipo de ficheiro que nos era importante.

Felizmente existem ferramentas que permitem que se faça uma recuperação eficaz dos documentos eliminados. Um bom exemplo de uma aplicação que faz muito bem essa tarefa é o Remo Software. É que alem de fazer essa tarefa de forma eficaz, fá-lo de forma realmente simples, e em apenas alguns clicks, que é uma grande vantagem para aqueles que não estão habituados a tipo de tarefas.

Esta ferramenta está disponível para Windows e macOS, e alem de permitir que recupere ficheiros multimédia como fotos, vídeos e áudio rapidamente, permite restaurar formatos de arquivo RAW de todas as DSLRs como Canon, Nikon etc, suporta ainda que recupere fotos eliminadas de um cartão SD, de um disco rígido, Pen USB, ou qualquer outro tipo de conteúdo. Isto é possível graças ao seu avançado mecanismo de verificação profunda para restaurar ficheiros multimédia apagados.

Vamos então descobrir como recuperar fotos com o Remo Photo Recover

A primeira coisa que temos de fazer é instalar o Remo Software, e depois de devidamente instalada só temos de abrir a aplicação onde temos incluído o Remo Photo Recover. O processo que aqui vamos seguir é realizado num dispositivo com o sistema operativo Windows, mas para o macOS é muito semelhante.

A aplicação aberta tem o seguinte aspecto:

E como podem ver na imagem acima temos diversas opções dentro da aplicação, mas a que aqui nos interessa é a que diz Recover Photos, já que é ela que tem a capacidade de recuperar as nossas imagens apagadas.

Quando escolhemos esse separador, de imediato serão listados os dispositivos ligados ao nosso computador de onde é possível fazer a recuperação. Ou seja, deverão ligar o dispositivo antes e iniciar a aplicação. Aqui no nosso caso, vamos recuperar fotos apagadas numa Pen USB, que na aplicação está listada como Local Disk – D:. Escolhemos o mesmo, e de seguida escolhemos a opção SCAN, que fica no canto inferior direito:

A partir deste momento, e dependendo da quantidade de informação no seu dispositivo, pode demorar mais ou menos tempo, mas nos nossos testes com uma PEN de 8GB a informação que vemos a seguir foi apresentada em apenas alguns segundos.

Conforme podemos ver na imagem que deixo acima, ele encontrou mais de 30 pastas e 148 ficheiros na nossa PEN, e todos aqueles que encontra com um X vermelho, são ficheiros que foram apagados e que é possível recuperar. Se quiser recuperar toda a informação apagada, é seleccionar, se quiser apenas alguns ficheiros em especifico, basta seleccionar os mesmos e carregar em Save, que é apresentado no canto interior direito assim que seleccionar os ficheiros a recuperar:

Assim que fazemos Save, o Remo Software vai questionar onde queremos guardar os documentos recuperados. Aqui cabe a si decidir onde os quer guardar. Pode escolher no próprio dispositivo em si, no PC, ou em qualquer unidade que tenha ligada ao PC. Aqui decidimos guardar no ambiente de trabalho:

Depois de escolher onde guardar, basta fazer Save (no canto inferior direito) e a ferramenta vai começar a recuperar os ficheiros apagados e guardar os mesmos no local que foi decido por si. Aqui o processo pode ser mais uma vez demorado, já que a aplicação vai recuperar todos os ficheiros seleccionados por si. Obviamente que quantos mais ficheiros tentar recuperar, mais tempo vai demorar.

Quando terminar, as fotos que pediu para recuperar estão no local seleccionado por si.

E esta é só uma das funções desta aplicação, já que ela faz o mesmo para qualquer outro tipo de ficheiro, incluindo documentos em PDF, Word, Excel, e muitos mais. Basta que no primeiro passo escolha a opção Recover Files, e o resto dos passos é muito semelhante, ou seja muito fácil. Alem disso, a empresa tem outras ferramentas muito interessantes, como por exemplo uma ferramenta que permite recuperar fotos borradas, e muitas outras que estão disponíveis no seu site oficial.

Este artigo foi originalmente publicado no Noticias e Tecnologia

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Geral

TCL 20 Pro 5G faz a TCL Communication ser premiada no CES Innovation Awards

Published

on

By

A TCL Communication foi premiada pela sua inovação tecnológica com o TCL 20 Pro 5G nos prémios CES Innovation Awards, distinção que coroa um ano de sucesso deste smartphone da próxima geração.

O TCL 20 Pro 5G foi um dos premiados no Progrma CES 2022 Innovation Awards na categoria Mobile Devices & Accessories. Esta distinção do TCL 20 Pro 5G surge após a menção como “New Color Leader” pela DXOMARK pela pontuação obtida pelo ecrã e o desempenho de câmara extremamente positivo, para além dos prémios EISA awards obtidos pelos modelos TCL em 2021.

O programa CES Innovation Awards é uma competição anual que homenageia o design e engenheria excecionais nos produtos de tecnologia de consumo. O programa reconhece os premiados em várias categorias de produtos de tecnologia de consumo e distingue aqueles com maior pontuação em cada uma das categorias.

TCL 20 Pro 5G

O TCL 20 Pro 5G

O CES Innovation Awards atesta que o TCL 20 Pro 5G oferece “imagens impressionantes com cores reais, nitidez e contraste num poderoso ecrã AMOLED de 6.67 polegadas”.

Com tecnologia melhorada NXTVISION, o telefone conta com a certificação TÜV Rheinland relativa a luz azul reduzida, luminosidade e tonalidade inteligentes. No website dos CES Innovation Awards é ainda mencionado que “o TCL 20 Pro 5G oferece velocidades revolucionárias, streaming mais veloz, downloads mais rápidos e funcionalidades avançadas de AI com o processador Qualcomm Snapdragon”. No website as câmaras também receberam a atenção do júri: “tanto as câmaras frontais e traseiras retiram partido dos sensores premium Sony IMX, acompanhandos pela tecnologia Optical Image Stabilization e o modo Backlight Selfie”. E tudo isto com um preço acessível.

O equipamento está disponível com um PVPR a partir de €599.99 nas cores Marine Blue e Moondust Gray. Se quiser, poder ler a nossa análise a este equipamento aqui.

Este artigo foi originalmente publicado no Noticias e Tecnologia

Continue Reading

Geral

Está a pensar instalar uma custom ROM no seu smartphone LG? É melhor que se despache

Published

on

By

Se está dentro do mundo das custom ROM e tem um smartphone LG, fique a saber que a Sul Coreana está a informar os utilizadores que vai encerrar o seu site dedicado aos programadores no próximo dia 31 de Dezembro. Que implicações isso tem para si? Para se instalar uma custom ROM num smartphone Android, é indispensável que o equipamento tenho o bootloader desbloqueado, e é nessa página que a LG permite que isso seja feito.

A partir de 1 de Janeiro de 2022 não mais terá forma de desbloquear o bootloader do seu smartphone LG, e terá de continuar com o mesmo, tal como está, uma vez que poucas actualizações serão disponibilizadas pela empresa.

LG Velvet

Ultima oportunidade para desbloquear o seu smartphone LG

Para quem ainda não sabe, a LG deixou de fabricar smartphones, e os poucos que ainda existem no mercado serão vendidos normalmente. Quando o stock acabar, não mais verá telefones da empresa Sul Coreana no mercado.

No entanto, a comunidade Android vai encarregar-se de manter esses smartphones actualizados, com versões personalizadas do sistema operativo. Mas para as instalar no seu smartphone, alem dos habituais conhecimentos técnicos, terá de ter o bootloader do seu equipamento, e para isso é precise que a LG o permita… e só vai permitir até 31 de Dezembro de 2021.

FONTE

Este artigo foi originalmente publicado no Noticias e Tecnologia

Continue Reading

Geral

Guia de segurança de dados para iniciantes

Published

on

By

A tecnologia já faz parte do dia a dia. Desde as redes sociais ao trabalho home office, as pessoas estão sempre online, trabalhando, consumindo conteúdos e fazendo compras. Entretanto, ela também pode ser um local perigoso, já que os dados pessoais, e de empresas, acabam por ficar disponíveis em diversos sites e podem ser roubados. 

Com isso em mente, é essencial que as empresas, e os utilizadores, procurem por métodos de manter as suas informações mais seguras online e ter privacidade de dados pessoais. A partir dessas soluções, eles poderão navegar pela internet de forma mais segura e sem estresse. 

Entre diversos softwares, alguns se destacam pela tradição, facilidade de uso e reputação. Não se pode brincar com ataques digitais. Por isso mesmo que  o antivírus McAfee pode resolver esse problema. Ao contratar um antivírus de qualidade, como o McAfee, os dados ficam mais seguros, porque o programa detecta imediatamente malwares.

Ao identificar e bloquear automaticamente essas ameaças e os vírus, o software garante muito mais proteção para suas informações. Assim, todos os seus dados ficarão protegidos contra ataques e vazamentos. E o usuário estará muito mais seguro para navegar pela internet.

Além de um bom antivírus, existem algumas práticas importantes que os usuários devem seguir. Dessa forma, eles estarão mais seguros online. Confira, neste artigo, algumas dicas essenciais sobre segurança de informações para iniciantes.

Segurança de dados: o que é e como funciona?

Antes de passar para as dicas, é importante explicar o que é a segurança de dados e como ela funciona. Essa área está ligada à proteção das informações pessoais ou de uma empresa, sejam elas financeiras ou não, para evitar ciberataques e incidentes no meio online.

Nas empresas, já existem cargos voltados para esse segmento. Os profissionais desse setor devem trabalhar com criptografia, deixando os dados eletrônicos ilegíveis para pessoas de fora, e armazenamento na nuvem, mantendo as informações seguras de quaisquer problemas elétricos.

Já no caso dos usuários, existem diversas dicas e soluções que eles podem seguir para manter seus dados sempre seguros contra esses ataques ou vazamentos. 

Dicas de segurança de dados

Essas dicas são essenciais para usuários que sejam iniciantes nessa área até os mais avançados. Elas irão ajudar para que cada um saiba como proteger os seus dados de diversas maneiras. Confira.

Atenção ao divulgar informações pessoais 

Antes de sair adicionando seus dados, e-mail ou qualquer outra informação em um site, verifique a procedência do domínio. Confira se é uma rede confiável ou se está falando com um contato oficial daquela empresa. Nunca salve as suas informações em computadores e aparelhos públicos ou de terceiros e não passe esses dados para desconhecidos por e-mail, mensagens ou ligações. 

Além disso, é importante saber como as empresas obtêm seus dados para ficar atento nessas horas. Um dos momentos que a companhia pode captar suas informações é por meio de transações financeiras. 

Ao comprar um produto de algum site ou aplicativo, o usuário compartilha seus dados pessoais com aquela empresa. Por isso, é ideal saber que é uma companhia de segurança, que cuidará bem das suas informações.

Cuidado com links suspeitos

Clicar em algum link suspeito pode te levar para um site falso ou permitir o acesso do seu computador para hackers. Por isso, é ideal que cheque os hiperlinks antes de acessar quaisquer páginas desconhecidas. Esses links falsos são criados de diversas maneiras e estão disponíveis em plataformas, sites e e-mails. Então, se não conhece algum link, é melhor não acessá-lo.

Atualize os sistemas e aplicativos

Os aplicativos não costumam ter muitos problemas de vazamento de dados. Entretanto, se ocorrer alguma instabilidade ou houver um ponto de vulnerabilidade no sistema, é possível que os hackers explorem esses problemas. 

Quando algo assim acontece, as empresas rapidamente já consertam o app para manter todos os usuários sempre seguros. Por isso, é essencial que todos os aplicativos estejam sempre atualizados, para que suas informações continuem protegidas contra esses ataques.

Preste atenção nos downloads

Fazer downloads da internet é algo muito comum. Contudo, é necessário estar sempre atento de onde estão sendo baixados esses arquivos. Caso seja feito o download de um item não seguro ou com vírus, é possível que dê acesso aos hackers para mexerem nos seus documentos, apagarem informações e causarem outros problemas.

Por isso, é ideal que seja sempre checado o link, site ou sistema de onde estão sendo baixados esses arquivos. E se o seu antivírus alertar algum erro ou problema com aquele arquivo, não faça o download. 

Tenha senhas fortes

As senhas são a principal barreira contra o acesso de desconhecidos nas suas contas. Portanto, é obrigatório que elas sejam fortes e não estejam conectadas com dados pessoais. Utilizar nome, data de aniversário e outras informações que possam ser encontradas facilmente pelos criminosos não é indicado. 

Para criar uma senha forte, é possível misturar letras maiúsculas com minúsculas, números e caracteres especiais. Lembre-se também de não fornecer sua senha para qualquer pessoa, para não correr nenhum risco. 

Não use computadores públicos para tarefas sigilosas

Muitas vezes, os computadores públicos estão programados para gravar algumas das informações inseridas pelos usuários. Por isso, é ideal que ao utilizar um dispositivo público, não acesse contas importantes em que seja necessário colocar senha – porque elas podem ficar retidas na máquina. Tente não entrar em sites do banco para pagar contas, por exemplo. Mas caso seja algo urgente, não esqueça de desconectar para que sua senha não fique gravada.

Fique atento a mensagens e e-mails não solicitados

Atualmente, para fazer um cadastro em qualquer local, é sempre necessário adicionar seu e-mail ou número de celular. Com isso, as empresas acabam ficando com seus dados em suas listas de reprodução. Normalmente, elas mantêm essas informações muito bem protegidas contra ataques, mas todos estão suscetíveis a incidentes.

Com isso em mente, ao receber uma mensagem ou um e-mail é essencial que seja checado o remetente. É preciso conferir se foi um serviço ou contato solicitado ou se é uma fonte conhecida. 

Por exemplo, é muito comum que as pessoas recebam e-mails do banco ou mensagens de e-commerces. Nesses casos, é sempre importante checar se é o remetente correto para não acessar nenhum hiperlink ou passar qualquer informação pessoal para os criminosos.

Este artigo foi originalmente publicado no Noticias e Tecnologia

Continue Reading

Em alta

Jokenpo - Um portal de conteúdo Nerd do grupo Experience.

November 26, 2021