Connect with us

Filmes

Como os personagens Snake Eyes, Storm Shadow, Baronesa e Scarlett foram das páginas dos quadrinhos para a tela grande em ‘G.I. Joe Origens: Snake Eyes’

Published

on

Como os personagens Snake Eyes, Storm Shadow, Baronesa e Scarlett foram das páginas dos quadrinhos para a tela grande em ‘G.I. Joe Origens: Snake Eyes’

Nos cinemas desde o dia 03 de junho, Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio segue batendo recorde de bilheteria e já ultrapassa a marca de R$18 milhões acumulados desde a estreia no Brasil. O longa surpreendeu os fãs ao tirar o foco das casas assombradas exploradas no primeiro e segundo filmes da franquia. Idealizado por James Wan, diretor dos dois primeiros e que atua como produtor neste título ao lado de Peter Safran, o longa, dirigido por Michael Chaves (“A Maldição da Chorona”) acompanha Ed e Lorraine Warren em um chocante caso de possessão e assassinato que ficou conhecido em todo o mundo. 

 

O caso, conhecido como “A Ordem do Demônio”, foi um dos mais icônicos na carreira dos Warren e um dos primeiros em que o casal contribuiu com a polícia. Lorraine, com suas habilidades clarividentes, colaborou em investigações policiais em diversas outras situações, e trazer essa realidade para o universo de Invocação do Mal foi um desejo de Wan. “Lembro-me de dizer a Patrick e Vera no set de ‘Invocação do Mal 2’ que eu queria explorar o mundo no qual Ed e Lorraine ajudaram a polícia a resolver crimes. Eu queria que o terceiro filme tivesse uma sensação diferente”, comenta o cineasta James Wan.

 

Invocação do Mal 3 – A Ordem do Demônio segue em cartaz nos cinemas brasileiros. Confira a programação dos cinemas da sua cidade. 

 

Trailer no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=anDtrp34xig 

 

Sobre o filme

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio revela uma história assustadora de terror, assassinato e um desconhecido mal que chocou até os experientes investigadores de atividades paranormais Ed e Lorraine Warren. Um dos casos mais sensacionais de seus arquivos, começa com uma luta pela alma de um garoto, depois os leva para além de tudo o que já haviam visto antes, para marcar a primeira vez na história dos Estados Unidos que um suspeito de assassinato alegar ter tido uma possessão demoníaca como defesa.

 

Patrick Wilson e Vera Farmiga voltam a estrelar como Ed e Lorraine Warren, sob a direção de Michael Chaves. O filme também é estrelado por Ruairi O’Connor, Sarah Catherine Hook e Julian Hilliard.

 

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio foi produzido por James Wan e Peter Safran, que colaboraram em todos os filmes do universo Invocação do Mal. Chaves (“A Maldição da Chorona”), dirigiu o roteiro de David Leslie Johnson-McGoldrick (“Invocação do Mal 2” e “Aquaman”), história de James Wan e David Leslie Johnson-McGoldrick. Richard Brener, Dave Neustadter, Victoria Palmeri, Michael Clear, Judson Scott e Michelle Morrissey estão como produtores executivos.

 

A equipe criativa por trás dos bastidores reúne colaboradores do universo Invocação do Mal, incluindo o diretor de fotografia Michael Burgess, a designer de produção Jennifer Spence, a figurinista Leah Butler e o compositor Joseph Bishara, junto com o diretor de direção de “A maldição da Chorona”, Peter Gvozdas.

 

Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio é o sétimo filme do universo Invocação do Mal, a maior franquia de terror da história, que arrecadou mais de US $ 1,8 bilhão em todo o mundo. Inclui os dois primeiros filmes de Invocação do Mal, bem como “Annabelle” e “Annabelle: A Criação do Mal”, “A Freira” e “Annabelle 3 – De Volta Para Casa”.

 

O filme estreou nos cinemas brasileiros em 03 de junho de 2021. É uma apresentação da New Line Cinema que será distribuída pela Warner Bros. Pictures.

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Leave a Reply

Filmes

007 – Sem tempo para novas fórmulas! 

Published

on

By

007 – Sem tempo para novas fórmulas! 

Nota: 8/10
Com novos elementos de terror e suspense, o mais recente filme de James Bond repete a fórmula clichê dos filmes de espião e, por incrível que pareça, continua bom.

A despedida de Daniel Craig foi muito adiada devido a pandemia e gerou uma expectativa gigante nos fãs de filmes de espionagem e, principalmente, nos fãs de James Bond.

A trama do filme é guiada pelo “retorno” da organização Spectre, que dispõe de uma tecnologia muito perigosa, capaz de identificar alvos pelo DNA. Novamente, a única pessoa capaz de conter a extinção da raça humana é, ninguém menos do que o recém aposentado James Bond (Daniel Craig).

Ainda sobre os elementos de terror presentes no filme, a abertura ocorre em cinco minutos e é surpreendente, os focos principais são o vilão Safin (Rami Malek) e Madeleine (Léa Seydoux). A cena em questão é em um passado não muito distante, me fazendo pular da cadeira e travar a respiração.

A trilha sonora é impecável. Composta pelo renomado Hans Zimmer, o longa possui as músicas clássicas e ainda experimenta novidades, com a abertura sendo interpretada por Billie Eilish. E no aspecto visual, a direção de arte e fotografia também são impecáveis.

O filme entrega o que se dispôs, e emociona o fã, deixando o legado de um Bond ainda mais humano, sentimental e emotivo, deixando no ar a pergunta: Quem será a pessoa mais indicada a seguir com o legado do agente secreto mais famoso do mundo?

 

“007: Sem tempo para morrer” se provou um bom filme, longo e cheio de clichês, mas, ainda assim, continua bom.

Continue Reading

Filmes

Cry Macho estreou e mostrou que Clint Eastwood, mesmo aos 91 anos de idade, sabe como entrar em um personagem e atrair a atenção do público, roubando a cena mais uma vez.

Published

on

By

O enredo do filme ocorre na década de 70, e começa com o ex campeão e treinador de hipismo, Mike Milo (Clint Eastwood), completamente perdido e desmotivado e sem motivos para buscar novas emoções em sua vida. Tudo muda quando um favor (até então inexplicado) é cobrado, e o peão viaja até o México para buscar Rafa, um garoto de 13 anos, que também estava perdido.

 

Apesar de muito fraca a atuação de Eduardo Minett (Rafa), Mike e Rafa fazem o público acreditar na relação de quase avô e neto, principalmente nos momentos de roadmovie, onde os dois aprendem trabalhar e fugir juntos, sempre ao lado do galo de luta apelidado de Macho.

Ainda falando sobre Macho, a história que Rafa conta sobre o galo diz muito sobre quem Mike já foi e sobre quem o próprio Rafa ainda é. Galos de briga. Ambos lutaram muito e acabaram se ferindo no caminho, mas seguem firmes e prontos para o próximo dia.

A história do filme ganha ainda mais sentido ao chegar em uma pequena cidade do México, onde os dois encontram Marta (Natalia Travem), e Mike acaba revelando que perdeu sua família, e explicando sua dívida com o pai de Rafa.

 

Apesar da trama ser simples e, muitas vezes, previsível, Clint Eastwood entregou tudo o que tinha em sua atuação e, de quebra, na direção. Mesmo com a fraca atuação de Eduardo Minett, a atuação em conjunto convence.

A fotografia finalmente sai dos tons amarelados para o céu azul e, pela primeira vez em um filme de faroeste, o México parece ter cidades coloridas e alegres.

Por fim, o resultado é positivo, e Cry Macho entra para a minha lista de recomendações. Pode ir assistir ao filme sem medo, a trama vai te envolver e você vai sair satisfeito.

 

Continue Reading

Filmes

Monstros No Trabalho | Assista ao trailer da série do Disney+ com nova data de estreia

Published

on

By

Rascunho automático

Meses após ter o seu desenvolvimento confirmado, aos poucos a série animada Monstros No Trabalho vai ganhando novidades. E entre elas, a mais recente envolve a divulgação do seu trailer completo pelo Disney+ com um adiamento do seu lançamento para o dia 07 de julho.

 

Assista:

Sobre a série Monstros No Trabalho

Ben Feldman e Aisha Tyler serão responsáveis por dar voz a dois dos novos personagens da série do Disney+.

Feldman será Tyler Tuskman, um recém-formado na Universidade Monstros que estará trabalhando na Monstros S.A. sob o comando de Mike e Sully durante o período de transição para conseguir gargalhadas e não o choro das crianças. Por sua vez, Aisha Tyler dará voz a mãe do personagem.

A trama do de Monstros no Trabalho será ambientada seis meses após o final do filme original com a usina em seu centro agora colhendo riso das crianças para abastecer a cidade de Monstrópolis. Ela terá como um dos seus protagonistas Tylor Tuskmon (Ben Feldman), um mecânico ávido e talentoso da equipe de instalações do Monsters, Inc. que sonha em trabalhar no andar do riso ao lado de Mike e Sulley.

John Goodman e Billy Crystal irão retornar como dubladores, respectivamente, dos personagens  Sully e Mike Wazowski na série desenvolvida para o serviço de streaming.

John Ratzenberger, Jennifer Tilly, Bob Peterson, Kelly Marie Tran (Star Wars: The Last Jedi), Henry Winkler (Barry), Lucas Neff (Raising Hope), Alanna Ubach (Coco), Stephen Stanton (Star Wars Resistance) e Aisha Tyler (Archer) também estão no elenco de vozes.

Continue Reading

Em alta

Jokenpo - Um portal de conteúdo Nerd do grupo Experience.